Quem é Maria l O Rosário l Aparições l Novenas l Orações l Devoção do Mês l Artigos l Imagens l Links l Home
 
APARIÇÕES MARIANAS
--------------------------------
NOSSA SENHORA DE FÁTIMA
--------------------------------
NOSSA SENHORA DA SALETE
--------------------------------
NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS
--------------------------------
NOSSA SENHORA DE LOURDES
--------------------------------
NOSSA SRA. DA ROSA MÍSTICA
--------------------------------
NOSSA SENHORA DE GUADALUPE
--------------------------------

Nossa Senhora de Lourdes

 

De 11 de fevereiro a 16 de julho de 1858, Nossa Senhora se manifestou em 18 aparições à jovem Bernadette Soubirous. A gruta de Massabielle, na pequena vila de Lourdes, onde se deram essas aparições, era naquele tempo um lugar sujo, escondido, úmido e frio. A gruta era chamada de abrigo dos porcos, porque era ali que os porcos que se alimentavam naquela região, geralmente ficavam. Nesse local aparece a Virgem Imaculada, como sinal de que Deus vem nos encontrar onde estivermos, mesmo em nossa pobreza e miséria.

Bernadette conta o que viu

Vi numa cavidade do rochedo uma moita, uma só, que se agitava como se houvesse muito vento. Quase ao mesmo tempo saiu do interior da gruta uma nuvem dourada, e logo a seguir uma Senhora nova e bela, mais bela que todas as criaturas, como eu nunca tinha visto nenhuma.


Tem as feições duma donzela de 16 ou 17 anos. Um vestido branco cingido com faixa azul até os pés. Traz na cabeça véu igualmente branco, que mal deixa ver os cabelos, caindo-lhe pelas costas. Vem descalça, mas as últimas dobras do vestido encobrem-lhe um pouco os pés. Na ponta de cada um sobressai uma rosa dourada. Do braço direito pende um rosário de contas brancas encadeadas em ouro. Brilhante como as duas rosas dos pés.

A água milagrosa

Na aparição de 25 de fevereiro, Bernadette age estranhamente, fazendo com que o povo a julgue louca: escava a terra e se lambuza em lama, como uma erva ao pé da gruta como penitência pelos pecadores. Da suja lama escavada começará a brotar a fonte de água milagrosa, cujo primeiro milagre será relatado logo no dia 1° de março. Analisada rigorosamente por químicos especializados, a água de Massabielle mostrou ser comum, não tendo em si qualquer propriedade curativa. A ciência não pode explicar as curas obtidas pelo uso dessa água.

A Senhora se apresenta

Em 25 de março de 1858 (dia da Anunciação), na 16ª aparição, Bernadette insiste em perguntar à Senhora quem era ela. Na quarta vez que pergunta obtém a resposta, no dialeto de Lourdes: Que soy era Immaculada Conceptiou” ( Eu sou a Imaculada Conceição). A jovem vidente deixa correndo o local repetindo constantemente as palavras que não havia compreendido, mas que irão tocar profundamente o coração de seu confessor. Bernadette ignorava o dogma da Imaculada Conceição, declarado quatro anos antes pelo Papa Pio IX.

Santa Bernadette de Soubirous

Depois das aparições, perseguida por curiosos e pessoas inoportunas, Bernadette pediu para entrar no Convento de Nevers, tornando-se freira na congregação das Irmãs da Caridade, sempre dispensava atenção e carinho a todos os que necessitavam de seu serviço. Diversos milagres aconteceram através dela no Convento. Sofrendo de asma crônica desde a infância, padeceu também de um aneurisma na aorta, gastralgia, um tumor no joelho e cárie dos ossos, além de abscessos nos ouvidos que lhe causavam surdez parcial. Suportando esses e outros tantos sofrimentos dia 16 de abril de 1879, aos 35 anos de idade ela veio a falecer. Em 8 de dezembro de 1933, o Papa Pio XI inscreveu-a no catálogo dos santos. O corpo de Bernadette permanece incorrupto até nossos dias, no Convento de Nevers.

Os pedidos de Lourdes

Pio XII resume a mensagem de Lourdes:’Com compaixão maternal[Maria] percorre com o olhar este mundo redimido pelo sangue de seu filho, onde infelizmente, o pecado faz a cada dia tantas devastações, e por três vezes lança o seu apelo premente: Penitência, penitência, penitência! Gestos expressivos são mesmo pedidos: Ide beijar a terra em penitência pelos pecadores. E ao gesto há que juntar a súplica: Rogareis a Deus pelos pecadores.Tal como no templo de João Batista, tal como no início do ministério de Jesus, a mesma injunção, forte e rigorosa, dita aos homens a trilha da volta a Deus: Arrependei-vos ( Mt 3,2;4,17). E quem ousaria dizer que esse apelo à conversão do coração perdeu, nos nossos dias, a sua atualidade?

Fontes:
http://www.lourdes-france.org
http://capeladelourdes.org.br

Leia o texto completo sobre a aparição de Lourdes!

Clique aqui! (Obs.: Arquivo no formato PDF)

®2005 - Todos os direitos reservados l Desenvolvido por Karina Melo